segunda-feira, 5 de março de 2012

Plano de Curso de História 2ª Série Ensino Médio 2012


GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA
E. E. E. F. M. LILIOSA DE PAIVA LEITE
PLANO DE CURSO

DISCIPLINA:           HISTÓRIA                SÉRIE: 2MÉDIO    ANO LETIVO: 2012
TURNO: MANHà                          PROFESSOR:           RUI BEZERRA DA SILVA

I – OBJETIVOS GERAIS
-          Ampliar o conhecimento que o aluno tem do seu próprio mundo, por meio do estudo do passado da humanidade.
-          Demonstrar a dinâmica dos processos históricos.
-          Levar o aluno a adquirir uma prática sistemática de pesquisa e de consulta das fontes.
-          Desenvolver a capacidade de leitura e de escrita, bem como a capacitação analítica do aluno.
-          Estimular discussões em classe sobre o tema estudado.
-          Valorizar outras fontes de conhecimento, além da produção escrita.
-          Propiciar reflexões sobre conceitos específicos da área: tempo, espaço, cotidiano, cultura, sociedade, civilizações, tecnologia, trabalho, economia, poder e classes sociais.
-          Valorizar o trabalho interdisciplinar.
-          Desenvolver a argumentação crítica.
-          Considerar o aluno como produtor de conhecimento e promover o exercício da cidadania.

II – METODOLOGIA APLICADA

-          Aulas expositivas, utilizando materiais disponíveis como: quadro, giz, esquemas, gráficos, tabelas, fotografias, textos e outros materiais didáticos.
-          Deveremos também utilizar outras técnicas como demonstrações, dramatizações, experiências práticas, exposição de materiais, estudos de filmes e passeios.
-          Atividades extra-classe, através de visitas a museus e outros lugares como: parques, bibliotecas, construções e lugares históricos.
-          Pesquisas em mídias de internet, criação e comentários de blogs, vídeos e DVDs.

III – COMPETÊNCIAS

- Capacidade de operar com os conceitos básicos da História para análise e representação do Tempo em suas múltiplas dimensões.
- Domínio das linguagens próprias à análise histórica (historiográfica).
- Capacidade de compreender os processos de produção e reprodução social em suas múltiplas relações, com a Natureza e no âmbito da Sociedade, nas suas temporalidades.
Capacidade de:
• Operar com conceitos próprios à História Econômico-Social em suas relações com outros domínios da História.
• Distinguir as várias experiências vividas pelas sociedades em termos de sua sobrevivência (produção e reprodução).
• Compreender como as formações sociais se constituem. Com a complexidade de modos de produzir e consumir.
• Identificar, analisar e compreender as várias relações que envolvem o conceito de propriedade, bem como os vários tipos de propriedade vivenciados em diversas sociedades.
• Compreender os processos de produção e reprodução da exclusão social.
• Compreender e distinguir: as várias concepções de Tempo nas experiências históricas da Humanidade, relacionando- as com as noções atuais de Tempo.
• Compreender e distinguir as várias concepções de Trabalho nas experiências históricas da Humanidade, relacionando- as com as noções atuais de Trabalho.
• Relacionar conteúdos aprendidos no Eixo Temático com as suas experiências de vida.

IV – CONTEÚDOS/EXPERIÊNCIAS HISTÓRICAS

- Homem como produtor e reprodutor de sua sobrevivência
- A Natureza como Recurso de Sobrevivência
- Escravistas modernas: Brasil e Paraíba;
- Revolução Industrial: séculos XVIII e XIX (Inglaterra, França e Estados Unidos);
- Revolução Industrial: século XIX e XX: Alemanha, Japão;
- Modernização produtiva (século XIX) e Industrialização no Brasil, no Nordeste e na Paraíba;
- As relações de Gênero nos processos produtivos;
- As condições de trabalho e de vida em cada modo de produção e consumo: Inglaterra (séculos XVIII e XIX) e Brasil (séculos XIX e XX);
- As sociedades urbano-industriais: Inglaterra (Revolução Industrial) e Brasil industrial;
- A ética protestante e o capitalismo moderno;

V – CRONOGRAMA DE ATIVIDADES  


1o bimestre
Ø  A ocupação do continente americano
Ø  A colonização portuguesa na América
Ø  O doce sabor do açúcar e a economia colonial
Ø  Os trabalhadores do açúcar (o escravismo colonial)
Ø  A União Ibérica
Ø  A colonização Inglesa na América do Norte
Ø  As cidades do ouro
Ø  Portugal sob a égide do Marquês de Pombal

2o bimestre
Ø  A revolução Industrial
Ø  O Iluminismo
Ø  A independência das treze colônias inglesas

3o bimestre
Ø  A Revolução Francesa
Ø  O período napoleônico
 
4o bimestre
Ø  A independência das colônias da América Espanhola
Ø  Rebeliões na América portuguesa
Ø  A família real no Brasil
Ø  A Independência do Brasil
Ø  Revoltas no Brasil colonial

 VI – AVALIAÇÃO

            Serão feitas através de provas escritas, elaboradas com questões subjetivas e questões objetivas, aplicadas conforme o calendário escolar preestabelecido.

            Serão avaliados também pela participação em trabalhos, pesquisas, experiências, seminários, produção em mídias digitais e outras, assim como interesse, assiduidade e comportamento e ainda pelo desempenho nas atividades diárias.

VII – BIBLIOGRAFIA

Arruda, José Jobson. História Total Brasil: Antiguidade e Idade média. Ática. 2010.
Campos, Flavio de; Claro, Regina. A Escrita da História 2. 1ª Ed. São Paulo Escala Educacional, 2010.
Cotrim, Gilberto. História Global: Brasil e Geral: Volume 2 – 1ª Ed. São Paulo. Saraiva, 2010
Figueira, Divalte Garcia. História, Novo Ensino Médio. Ática.  2010.
Morais, José Geraldo Vinci de. História Geral e do Brasil ens. Médio vol. 2. 1ª Ed. São Paulo. Saraiva 2010.    
Neves, Joana. História Geral. Saraiva. 2002